Máquina lamenta a perda de Kido Guerra

ceuentredentes-kidoA equipe do Grupo Máquina lamenta o falecimento do amigo e colaborador Kido Guerra ocorrido na quarta-feira (15), em Brasília, em decorrência de problemas cardíacos. Executivo do escritório da empresa no Distrito Federal, Kido, que trabalhava na Máquina desde 2006, foi assessor de comunicação do Banco Central pela agência e, recentemente, era responsável pelo atendimento à Embratur.

Antes de trabalhar na Máquina, Kido ocupou a posição de correspondente internacional do Jornal do Brasil, no qual também atuou como repórter de economia na sede e na sucursal de Brasília. Foi editor da Revista D, de suplementos, Brasil, internacional, política e eleição do Correio Braziliense, correspondente em Bruxelas para a Rádio Suíça Internacional, coordenador de comunicação do Greenpeace no Brasil e âncora e apresentador do programa Debate Capital, da TV Brasília.

“O caráter e a integridade do Kido fazem dele um exemplo a ser seguido. Ele era uma pessoa sofisticada e muito querida. É uma grande perda para todos nós”, diz Maristela Mafei, sócia-presidente da Máquina.

Anúncios